Infraestrutura do IFCH

Destacamos como parte fundamental da infraestrutura do IFCH e do PPGAS:

AEL – Arquivo Edgard Leuenroth

AEL, que constitui uma das unidades mais importantes do IFCH, iniciou suas atividades em 1974 com a chegada da coleção de documentos impressos reunidos por Edgard Leuenroth, pensador anarquista, militante das causas operárias, linotipista e jornalista por ofício e paixão. Tais fontes foram adquiridas na época pela Unicamp e pela Fapesp para constituir um centro de documentação que possibilitasse acesso às fontes primárias necessárias aos trabalhos dos recém criados programas de pós-graduação do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, sendo o PPGAS pioneiro.

Há 35 anos o AEL vem cumprindo seus objetivos de atender a demanda acadêmica e preservar registros históricos da sociedade. Além do acervo que o originou, recebeu outros tantos ligados à história social, política e cultural do Brasil e da América Latina, tais como: história do trabalho e da industrialização, do movimento operário, da esquerda, dos partidos políticos, da cultura e dos intelectuais, da questão agrária, dos direitos humanos e justiça, da imprensa, da opinião pública, dos movimentos sociais, da saúde e da antropologia. Nos últimos anos, o Arquivo incorporou documentos referentes a novas temáticas, como a história da colonização na América, Ásia e África, expressando o desenvolvimento e a diversidade das pesquisas no IFCH/Unicamp. No que diz respeito a pesquisas em curso no continente africano, o AEL tem sido crucial para a área de estudos africanos, mantida, sobretudo, por pesquisadores do PPGAS e do Programa de Pós-Graduação em História.

Além dos suportes documentais tradicionais, disponibiliza coleções em filme (microformas) reproduzidas de arquivos e bibliotecas de instituições brasileiras, americanas e europeias. Em resposta às demandas criadas pela expansão de seu acervo e pelo crescente número de usuários, a instituição investiu na qualificação do corpo técnico, na aquisição de leitoras digitalizadoras e na ampliação das instalações físicas da sua nova sede.
AEL publica desde 1992 sua revista acadêmica Cadernos AEL.

Biblioteca Octávio Ianni

A Biblioteca Octávio Ianni, do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas, cujas instalações foram recentemente reformadas e ampliadas, destaca-se como uma das principais bibliotecas de Humanidades do Brasil e da América Latina. Esse reconhecimento se dá pela qualidade do seu acervo, padrão de referência para pesquisadores das áreas de Antropologia, História, Filosofia, Ciência Política, Sociologia e Demografia, bem como pela excelência de suas instalações. Nos últimos anos, a Biblioteca Octávio Ianni vem contando com o apoio decisivo de agências de fomento nacionais e internacionais que lhe permite atualizar seu acervo em distintos suportes.

Sua origem remonta ao Departamento de Planejamento Econômico e Social, criado por Zeferino Vaz, em 1968, que foi o embrião do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp. A Biblioteca nasceu e se desenvolveu em perfeita consonância com o constante crescimento do Instituto e, atualmente, caracteriza-se como um instrumento indispensável ao ensino e à pesquisa.

Com o objetivo de acompanhar o ritmo de desenvolvimento das pesquisas do IFCH, a Biblioteca sempre manteve um cuidado extremo e permanente com a atualização, desenvolvimento e qualidade do seu acervo bibliográfico, que, atualmente, soma 215 mil itens, incluindo livros, teses, dissertações, materiais especiais (CD's, DVD's, mapas, fitas VHS, microformas etc.), além de 2.891 títulos de periódicos, dos quais 509 são assinaturas correntes, e uma coleção especial em História da Arte. A Biblioteca disponibiliza, ainda, uma enorme quantidade de recursos eletrônicos de pesquisa, que são constituídos por bases de dados, periódicos eletrônicos, e-books e fontes primárias. Essa gama de informações visa suprir, principalmente, as necessidades dos cursos de graduação e de pós-graduação do IFCH.

Laboratório de Informática

laboratório de informática do IFCH disponibiliza, para toda a comunidade do instituto, computadores, mesas de digitalização, gravadores de DVD/CD e impressoras para seus usuários (60 computadores, 2 micros de uso rápido, 6 scanners e 2 impressoras coorporativas). O laboratório, além de permitir o acesso a diversos softwares e à internet, põe à disposição os serviços oferecidos na rede do IFCH, tais como a área remota de armazenamento de arquivos com back-up diário, cota de impressão e atendimento aos usuários durante todo o período de funcionamento.

 

Saiba mais também sobre os Centros, Núcleos e Laboratórios de Pesquisa ligados ao PPGAS.