Mensagem de boas vindas da direção do IFCH Unicamp

Data da publicação: qua, 15/09/2021 - 12h01min

Nesta segunda-feira, 13 de setembro, foi realizada na praça da Paz a cerimônia de reabertura dos campi da Unicamp para simbolizar a retomada das atividades presenciais nos setores que estavam operando predominantemente em formato remoto.

Como foi anunciado no IFCH, a retomada será paulatina e seguirá as orientações divulgadas em https://www.ifch.unicamp.br/ifch/noticias-eventos/instituto/retomada.

Ao mesmo tempo, a direção dá as boas vindas àqueles e àquelas que retornarão ao espaço físico do IFCH.


Prezada comunidade,

Depois de um ano e meio de distanciamento, está chegando o tão esperado momento da retomada das atividades presenciais.

Nesse período, enfrentamos medos, incertezas e perdas de todas as ordens: de entes queridos; de condições de saúde física e mental; de convívio e sociabilidade; de condições de aprendizagem, ensino e pesquisa; além das perdas materiais (de trabalho, moradia e renda) sofridas por muitos de nossos familiares. Mas em nenhum momento deixamos de trabalhar e nos dedicar à Unicamp. Descobrimos, nesse processo, novos significados e formas de trabalho. Aprendemos que muitos de nós podem trabalhar remotamente, mas que há diferenças e especificidades conforme a natureza das atividades que exercemos e as condições objetivas e subjetivas que tivemos para adaptá-las ao “teletrabalho”. A sobreposição de tarefas exercidas no espaço doméstico, o acúmulo entre atividades profissionais, cuidados da casa e dos familiares, intensificou a carga de trabalho de muitas e muitos de nós. As dificuldades, potencializadas pelas perdas e pelo isolamento, foram as mais variadas e os desafios têm sido cotidianos.

A pandemia não acabou, mas é tempo de trazer todas as nossas experiências dos últimos meses, nossas dores e nossas esperanças, de volta ao convívio presencial na universidade. Não será fácil, sobretudo devido ao contexto tão conturbado que vivemos em nosso país. Certamente, haverá muitas dúvidas, ansiedade e insegurança. Por isso, é ainda mais importante o diálogo franco e respeitoso, orientado pela preocupação do acolhimento e do cuidado mútuo. Nosso espírito de união e de solidariedade será fundamental para superar nossos temores e encarar os desafios que teremos pela frente. Precisamos reconstruir laços, reocupar os espaços vazios e ressignificar o nosso trabalho. Mas, acima de tudo, precisamos nos (re)encontrar, nos (re)conhecer, nos olhar e nos escutar de viva voz. A retomada será paulatina, em ritmos e compassos variados. Então, o abraço vai ter que esperar mais um pouco, mas que ele chegue em breve!
Fiquem bem, com saúde, e sejam todas e todos bem-vindas/os de volta a nosso IFCH!

13 de setembro de 2021

Direção do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas