Seminário 'África, Margens e Oceanos: Perspectivas de História Social'

Data da publicação: sex, 15/03/2019 - 13h53min

O IFCH sedia o seminário internacional África, Margens e Oceanos: Perspectivas de História Social, que será realizado entre os dias 13 e 15 de março.

O evento se propõe a discutir diferentes experiências históricas em contextos africanos forjados às margens ou em conexão com os oceanos Atlântico e Índico, numa perspectiva da história social, entre os séculos XV e XX. 

O diálogo entre a produção africanista brasileira e a produção internacional, enfatizando confluências e distinções, se constitui num dos eixos centrais do evento. O enfoque geográfico busca um balanço entre regiões africanas que foram integradas aos mundos Atlântico e Índico através de dinâmicas econômicas, sociais e culturais engendradas pelo comércio transoceânico de longa distância.

Ao propor uma reflexão não só sobre a África Atlântica, mas também sobre aquelas banhadas pelo Índico, o evento tem como ambição contribuir para a ampliação do horizonte historiográfico da produção brasileira sobre o continente africano, assim como propor uma visão alternativa às perspectivas que ignoram as conexões entre o Atlântico e o Índico.

Salientando dinâmicas e protagonismos africanos numa escala local e global, o evento proporcionará uma oportunidade para fazer um balanço da produção brasileira recente sobre a história da África.

O seminário África, Margens e Oceanos: Perspectivas de História Social é organizado pela Profa. Dra. Lucilene Reginaldo (Unicamp) e Prof. Dr. Roquinaldo Ferreira (Universidade da Pensilvânia), e promovido pelo Centro de Pesquisa em História Social da Cultura (Cecult).

 

Haverá transmissão pelo canal do IFCH no Youtube.

 

Programação

 

13 de março

9h00- 12h00

Local: Auditório I 'Fausto Castilho'

Mesa 1: Trânsitos e deslocamentos

Thiago Henrique Mota (Universidade Federal de Viçosa), "A islamização na Senegâmbia: necessidades espirituais locais, práticas muçulmanas universais e transformações no significado de comportamentos religiosos autóctones - séc. XVI-XVII"

Vanicléia Silva Santos (Universidade Federal de Minas Gerais), “Práticas de cura e relações de gênero num entreposto escravista do Oeste da África: o mundo religioso de Crespina Peres em Cacheu Seiscentista”

Carlos Silva (Universidade Estadual de Feira de Santana), “Rotas, direções e etnicidade no tráfico de escravos entre o Brasil e a Costa da Mina no longo século XVIII”.

Intervalo: 10h30 - 10h40

Alexsander Gebara (Universidade Federal Fluminense), “Intérpretes e Tradutores nas expedições britânicas ao Níger na primeira metade do XIX”

Maria Cristina C. Wissenbach  (Universidade de São Paulo), “Conectando o sertão, o litoral e os oceanos: reflexões sobre redes, deslocamentos e centros de poder na África Central no século XIX”

Debatedor: Aldair Rodrigues (Unicamp)

 

14h00 - 17h00

Local: Auditório I 'Fausto Castilho'

Mesa 2: Protagonismo Africano

Juliana Farias (Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira - Campus Malê). “Entre signares e laptots: gênero, escravidão e liberdade em Gorée e Saint-Louis (Senegal-século)”

Cryslaine G. M. Alfagali (PUC-Rio), “O governo dos sobas e a manutenção do poder político em Angola (séculos XVII e XVIII)”

Mariana Candido  (Notre Dame University), “As mulheres e o acesso à propriedade em Benguela no século XIX”

Matheus Serva  (Unicamp), “Disputas, apropriações e ressignificações ao redor das orquestras de timbila e da marrabenta (sul de Moçambique, 1940-1970)”

Intervalo: 15h25 - 15h40

Debatedor: Robert Slenes (Unicamp)

 

17h30 - 18h00

Apresentação da Exposição Moçambique, independência e nação no acervo do AEL 

Local: Saguão do AEL - Arquivo Edgard Leuenroth/IFCH
 

18h00 - 19h30

Local: Auditório I 'Fausto Castilho'

Conferência de abertura

Edward Alpers (Universidade da California de Los Angeles), “Africa and the Indian Ocean”

 

14 de março

9h00 - 12h00

Mesa 3: Histórias conectadas, Trocas e Contatos

Local: Auditório I 'Fausto Castilho'

Eugénia Rodrigues (Universidade de Lisboa), “Em todas as outras partes onde há Cafres vindos do continente de Moçambique”: saberes, trocas culturais e comunidades africanas no Índico”

Jorge Lúzio (UniFAI/Universidade Federal de São Paulo), “Os circuitos de marfim na Índia e suas conexões transcontinentais nas redes afro-asiáticas”

Lisa Castillo (National Humanities Center), “The enigma of candomblé’s nação ketu: the case of Ilê Axé Iyá Nassô Oká”

Constança Ceita (Universidade Agostinho Neto),“As rotas internas do tráfico de escravos no Atlântico Sul da África Central e Austral no Século XIX”

Intervalo: 10h25 - 10h35

Debatedor: Jaime Rodrigues (Universidade Federal de São Paulo)

 

14h00 - 17h00

Local: Auditório I 'Fausto Castilho'

Mesa 4:  O ensino de História da África: institucionalização, formação de professores e material didático 

Raquel Gomes (Unicamp), “De memórias e lutas cotidianas: a institucionalização do ensino de história da África no Brasil”

Fernanda Thomaz (Universidade Federal de Juiz de Fora), “Como ensinar o que não se conhece? Ensino de História da África e os desafios para uma formação transformadora”

Ynaê Santos Lopes (Fundação Getúlio Vargas-Rio de Janeiro), “África, para quando? Análise da produção de material didático sobre o ensino de História da África no Brasil. O caso do Antigo Egito”

Debatedora: Monica Lima (Universidade Federal do Rio de Janeiro)

 

17h00

Local: Auditório I 'Fausto Castilho'

Lançamento do Livro Médicas-sacerdotisas, Jacimara Souza Santana

17h30 - Tarde de autógrafos

 

15 de março

9h30 - 11h00

Local: Sala da Congregação

Reunião de trabalho dos organizadores, autores e editores.

 

14h00 - 15h30

Local:  Auditório I 'Fausto Castilho'

Conferência de encerramento

Silvia H. Lara (Unicamp), “África no Brasil: Palmares e a historiografia sobre as duas margens do Atlântico”


Programação:

Data e horário da programação Título Local
sex, 15/02/2019 - 09:00 Seminário 'África, Margens e Oceanos: Perspectivas de História Social' Sala da Congregação, Sala Multiuso e Auditório I 'Fausto Castilho'