O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

Diretrizes para Autores

Exigências para submissão

Em sua seção “Artigos independentes”, a revista Modernos & Contemporâneos publica contribuições submetidas por pesquisadores confirmados e com a titulação mínima de doutores, preferencialmente em filosofia.

A revista Modernos & Contemporâneos não publica artigos de bacharéis, licenciados e mestrandos, bem como não publica artigos de mestres que ainda não possuem experiência de docência em filosofia.

A título excepcional, a revista Modernos & Contemporâneos pode vir a publicar artigos independentes de pesquisadores doutorandos e de professores e docentes mestres em filosofia.

Em todos os casos, os artigos independentes submetidos à revista Modernos & Contempoâneos são sistematicamente avaliados por dois pareceristas anônimos, segundo o método “duplo par cego”(double blind review) .

 

Processo de avialiação 

Toda contribuição (Dossiê, Artigo Independente, Tradução, Resenha) submetida à revista Modernos & Contemporâneos passa, primeiramente, por uma avaliação preliminar dos Editores que analisa a adequação dos trabalhos segundo a linha editorial da Revista, sua adequação ao escopo, e aspectos como contribuição e ineditismo do texto. Somente os trabalhos considerados por editores e conselheiros como relevantes para a comunidade e, em particular, para os leitores do periódico, prosseguirão para as demais etapas de avaliação.

Em seguida, os “Artigos independentes”, as “Resenhas” e as “Traduções” são avaliados por pares, segundo o método de revisão por pares duplo-cego (Double Blind Review).

Cada contribuição submetida é avaliada por pareceristas: 02 pareceristas para cada “Artigo independente”, 01 parecerista para cada “Resenha”, e 01 parecerista para cada “Tradução”.Cada parecerista é especialista na área concernida, com elevada titulação acadêmica. Com vista à impessoalidade e maior objetividade do processo de análise e aprovação, os arquivos enviados aos pareceristas são despersonalizados, isto é, sem a identificação de autoria. Por outro lado, as identidades dos pareceristas também não serão fornecidas aos autore(a)s. Daí o uso da expressão: “duplo-cego”.   

Os originais dos artigos são encaminhados para a apreciação de dois pareceristas integrantes do Corpo de avaliadores/pareceristas, conforme o sistema blind review. Os critérios para a avaliação dos artigos levam em conta relevância do tema, originalidade da contribuição nas áreas temáticas da Revista, clareza do texto, adequação da bibliografia, estruturação e desenvolvimento teórico, metodologia utilizada, conclusões e contribuição oferecida para o conhecimento da área.

O parecerista deverá preencher um "Formulário de Avaliação", uniforme e objetivo, elaborado pelos editores. É concedido o prazo de 45 dias para a emissão do parecer. Contudo, não é possível estabelecer com exatidão os prazos para o processo que depende da boa vontade dos pareceristas.

Os pareceres poderão resultar em 5 tipos de avaliações: Aceitar; Aceitar com revisões; Submeter novamente para avaliação; Submeter a outra revista; Rejeitar.

No caso dos artigos julgados inadequados pelos 2 pareceristas, o editor justificará aos autores a rejeição por parte do conselho editorial.

No caso de uma aceitação parcial por parte de pelo menos 1 dos pareceristas, o editor chefe repassará ao autor as modificações no artigo requeridas pelo parecerista.

No caso de uma aprovação sem ressalvas por parte dos 2 pareceristas, o editor chefe informará o autor da aceitação total de seu artigo. 

Em todos os casos, o editor chefe permanecerá em contato com os autores para dirimir controvérsias que resultem do processo de análise e esclarecer o parecer, notadamente quando parcial ou negativo.

Ao final de cada artigo aceito será publicada a menção: “Recebido em (data). Aprovado em (data).”

Por fim, os textos de cada "Dossiê" são organizados por editores convidados a cada número e não é possível submeter artigos para essa seção. As chamadas públicas estão previstas para a seção 'Artigos Independentes' que serão complementares ao tema proposto a cada Dossiê.

Os artigos de cada "Dossiê" publicado são primeiramente avaliados e selecionados pelos organizadores responsáveis. Em seguida, os artigos do "Dossiê" proposto pelo(s) organizador(es) são submetidos à análise e avaliação criteriosa dos três Editores (Editor chefe, Editor Associado e Editor Assistente). Quando necessário, os artigos do “Dossiê” também poderão ser submetidos à avaliação por pareceristas ad hoc.

Os Editores da revista Modernos & Contemporâneos não assumem nenhum compromisso incondicional de publicação junto aos organizadores, e definem previamente com eles os critérios adotados pela revista no que concerne às contribuições de cada “Dossiê”. 

 

Exigências quanto à forma e preparação de manuscritos

As exigências quanto à forma e preparação dos manuscritos abaixo indicadas se aplicam integralmente a autores brasileiros e estrangeiros.

OBS: Devido à problemas técnicos no servidor, Todos os artigos deverão ser submetidos através do e-mail: modernos.contemporaneos@gmail.com 

- Normas gerais

O artigo deve ser inédito, tanto por meio impresso quanto por meio digital. Por meio digital entende-se um artigo indexado/ISSN, quer em algum periódico eletrônico, quer em atas de congressos.

O artigo deve conter no mínimo 10 páginas (Times New Roman,12, espaço simples, bibliografia e resumos inclusos).

O tema deve ser pertinente e atual na área de interesse do trabalho submetido. Os objetivos devem ser claramente expostos e a conclusão contemplar os propósitos iniciais.

A bibliografia deve ser atualizada e demonstrar um profundo conhecimento das pesquisas atuais da área.

Contribuições que sejam apenas uma rememoração do estágio atual das pesquisas não serão aceitas.

Idiomas

Os artigos podem estar escritos em português, inglês, francês, espanhol, italiano, alemão, chinês e japonês.

 

 - Formato do arquivo:

Os originais, em formato aberto Word (doc, docx), deverão ser digitados com a fonte Times New Roman tamanho 12. As margens direita e esquerda devem respeitar a distância de, no mínimo, 3 cm.

 

- Título, resumo e palavras-chave

O artigo deverá apresentar o título e um pequeno resumo de seu conteúdo no idioma em que foi escrito e em inglês.  

Resumo em português com 10 linhas, e/ou 125 palavras, e/ou 855 caracteres (com espaço).

Resumo em inglês (Abstract) com 10 linhas, e/ou 125 palavras, e/ou 855 caracteres (com espaço).

Logo abaixo do resumo, deverá ser feita a indicação das palavras-chave (entre três e seis). Tais palavras-chave devem seguir o idioma em que os resumos foram escritos. 

 

Exigências para publicação

- Padrão de referências

 

A revista Modernos & Contemporâneos segue as normas técnicas determinadas pelo Chicago Author-Date Style.

Manual em inglês disponível em:

http://www.chicagomanualofstyle.org/tools_citationguide/citation-guide-2.html

Manual em português disponível em:

http://libguides.fe.up.pt/ld.php?content_id=22767850

  

Assim sendo o texto, uma vez aceito para publicação, deverá ser estandardizado conforme o disposto abaixo:

 - Citações

A citação deve sempre ser inserida junto ao texto citado - e não no rodapé -, entre parênteses curvos e apresentar o sobrenome do autor, o ano de publicação da obra e a página; devendo estes elementos estar separados por um espaço.

 

Exemplo :  (Soares, 2012, p.23)

                   

Se a fonte original não indicar a data, em sua substituição poder-se-á usar o acrônimo n.d., ficando (Autor n.d.).

Se a data da fonte original puder ser estabelecida por aproximação, poder-se-á indicar uma data aproximada, ficando (Autor [2001?]).

 

 

 - Referência Bibliográfica

As obras referidas no texto devem estar relacionadas na Referência Bibliográfica. Esta deve vir no final do texto, e não como rodapé, adotando os formatos exigidos pela Chicago Author-Data Style.

 - Formatos para livros:

*Com 1 autor:

Sobrenome, Nome(s). Ano. Título. Nº edição. Local de publicação: Editor.

Obs: O nº de edição deve ser indicado, exceto se for a 1ª edição.

Exemplo:

Sommerville, Ian. 2011. Software engineering. 9ª ed. Boston: Pearson.

*Com 2 ou mais autores:

Sobrenome, Nome(s) e Nome(s),  Sobrenome. Ano. Título. Coleção. Local de publicação: Editor.

Exemplo:

Barros, Helena Maria e Joaquim Francisco de Azevedo Figueiras. 2010. Tabelas e ábacos de dimensionamento de secções de betão solicitadas à flexão e a esforços axiais segundo o Eurocódigo 2. Coleção Documentos Técnicos. Porto: FEUPedições.

*Capítulo de livro:

Sobrenome, Nome(s). Ano. “Título do Capítulo”. In Título do Livro, série de páginas. Local de publicação: Editor.

Exemplo:

Cardoso, Henrique Daniel de Avelar Lopes e Eugénio da Costa Oliveira. 2005. "Virtual enterprise normative framework within electronic institutions". In Engineering Societies in the Agents World V, 14-32. Heidelberg: Springer.

*Ebook:

Sobrenome, Nome(s). Ano. Título. Local de publicação: Editor. Data de acesso. doi: ou URL.

Exemplo:

Donaldson, Kenneth e Paul Borm. 2007. Particle toxicology. Boca Raton: CRC Press/Taylor & Francis Group. Acedido a 8 de junho de 2016. doi: http://dx.doi.org/10.1201/9781420003147.

 

 - Formato para artigos em revista científica (impresso ou eletrônico):

 

Sobrenome, Nome(s). Ano. “Título.” Título da revista volume (número): série de páginas. Data de acesso. doi: ou URL.

 

Exemplo:

Gunerhan, H., A. Hepbasli e U. Giresunlu. 2009. "Environmental impacts from the solar energy systems." Energy Sources, Part A: Recovery, Utilization and Environmental Effects 31 (2):131-138. Acedido a 8 de junho de 2016. doi: http:dx.doi.org/10.1080/15567030701512733.

 

 - Formato para Teses e Dissertações:

 Sorbenome, Nome(s). Ano. “Título.” Tipo de tese, Faculdade, Universidade. Data de acesso. URL.

Exemplo:

Körber, Hannes. 2010. "Mechanical response of advanced composites under high strain rates." Doutorado, Faculdade de Engenharia, Universidade do Porto. Acessado 02 de junho de 2016. http://digitool.fe.up.pt:1801/webclient/DeliveryManager?custom_att_2=simple_viewer&metadata_request =false&pid=234533.

 - Outros padrões de referência

 Observa-se que quando um grupo de pesquisa ou a comunidade científica adota outro padrão de referência  - o que pode notadamente ocorrer com obras ditas "clássicas" -, este padrão será adotado no texto, desde que seja reconhecido internacionalmente, mas as referências secundárias permanecem no padrão Chicago Author-Date Style. Além disso, o(a) autor(a) deve criar uma nota descrevendo este padrão de referência.

Artigos independentes

Os trabalhos submetidos a essa seção deverão acompanhar as diretrizes estipuladas na chamada pública, e deverão estar alinhados ao tema proposto na ocasião.

Traduções

Política da seção

Resenhas

Política da seção

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.