Referências bibliográficas

O asterisco (*) indica um campo a ser incluído apenas se aplicável.
  • Livro (monografia)

SOBRENOME EM MAIÚSCULAS, inicial do prenome do(s) autor(es). Título: Subtítulo em itálico. Trad. Inicial do prenome e sobrenome do tradutor*. Local: Editora, ano de publicação [ano de publicação original*]. 

:: Exemplos

ADORNO, T. W., HORKHEIMER, M. Dialética do esclarecimento: Fragmentos filosóficos. Trad. G. A. de Almeida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1985 [1944].

BAUGH, B. French Hegel: From Surrealism to Postmodernism. London, New York: Routledge, 2003.

HORKHEIMER, M. et al. Studien über Autorität und FamilieForschungsberichte aus dem Institut für Sozialforschung. Lüneburg: Dietrich zu Klampen, 1987 [1936].

JAY, M. A imaginação dialética: História da Escola de Frankfurt e do Instituto de Pesquisas Sociais, 1923-1950. Trad. V. Ribeiro. Rio de Janeiro: Contraponto, 2008 [1973].

  • Coletânea

SOBRENOME EM MAIÚSCULAS, inicial do prenome do(s) organizador(es). (org(s*).). Título: Subtítulo em itálico. Trad. Inicial do prenome e sobrenome do tradutor*. Local: Editora, ano de publicação [ano de publicação original*]. 

:: Exemplo

BENHABIB, S., BONß, W., MCCOLE, J. (orgs.). On Max Horkheimer: New Perspectives. Cambridge/MA, London: The MIT Press, 1993.

  • Capítulo de livro

SOBRENOME EM MAIÚSCULAS, inicial do prenome do(s) autor(es). "Título do capítulo: Subtítulo". In: Inicial do prenome e Sobrenome completo do(s) autor(es) ou organizador(es) do livro (org(s*).). Título: Subtítulo em itálico. Trad. Inicial do prenome e sobrenome do tradutor*. Local: Editora, ano de publicação [ano de publicação original*], páginas inicial e final do capítulo.

:: Exemplos

FORST, R. "'To Tolerate Means to Insult': Toleration, Recognition, and Emancipation". In: B. Brink, D. Owen (orgs.). Recognition and Power: Axel Honneth and the Tradition of Critical Social Theory. Cambridge: Cambridge University Press, 2007a, p. 215-237.

BENHABIB, S., BONß, W., MCCOLE, J. "Max Horkheimer: Between Philosophy and Social Science". In: — (orgs.). On Max Horkheimer: New Perspectives. Cambridge/MA, London: The MIT Press, 1993, p. 1-22.

HORKHEIMER, M. "Teoria tradicional e teoria crítica". In: Benjamin, Horkheimer, Adorno, Habermas (coleção Os Pensadores). Trad. E. A. Malagodi, R. P. Cunha. São Paulo: Abril, 1975 [1937], p. 125-162.

  • Artigo de periódico

SOBRENOME EM MAIÚSCULAS, Inicial do prenome do(s) autor(es). "Título do artigo: Subtítulo". Trad. nome do tradutor*. Título do periódico em itálico volume (número), páginas inicial e final do artigo, data da publicação [ano de publicação original*].

:: Exemplos

BUCK-MORSS, S. "Hegel and Haiti". Critical Inquiry 26 (4), p. 821-865, 2000. 

POLLOCK, F. "State Capitalism". Zeitschrift für Sozialforschung 9, p. 200-225, 1980 [1941].

VOIROL, O. "Teoria crítica e pesquisa social: da dialética à reconstrução". Trad. B. Simões. Novos Estudos Cebrap 93, p. 81-99, 2012. 

  • Tese, dissertação e outros trabalhos acadêmicos

SOBRENOME EM MAIÚSCULAS, Inicial do prenome do autor. Título do trabalho: Subtítulo em itálico. Tipo de documento (nível em área de especialização). Local: Instituto ou Faculdade/Universidade, ano.

:: Exemplos

MEDEIROS, J. M. S. Crítica imanente como praxisApresentação e investigação no ensaio lukácsiano sobre a reificação. Dissertação (Mestrado em Filosofia). São Paulo: FFLCH/USP, 2012.

NOBRE, M. Experiência e modernidade: Um comentário da "Introdução" à Fenomenologia do espírito de Hegel. Tese (Livre-Docência em Filosofia). Campinas: IFCH/Unicamp, 2013. 

JAEGGI, R. Kritik von Lebensformen. Tese (Habilitação em Filosofia). Frankfurt am Main: J. W. Goethe Universität, 2009.

  • Observações adicionais

Mais de um autor, organizador, tradutor, ou local de publicação: separados por vírgulas.

:: Exemplo

BENHABIB, S., BONß, W., MCCOLE, J. (orgs.). On Max Horkheimer: New Perspectives. Cambridge/MA, London: The MIT Press, 1993.

Obras do mesmo autor publicadas na mesma data: devem ser diferenciadas acrescentando-se uma letra ao ano (1978a, 1978b, etc.).

:: Exemplos

FORST, R. "'To Tolerate Means to Insult': Toleration, Recognition, and Emancipation". In: B. Brink, D. Owen (orgs.). Recognition and Power: Axel Honneth and the Tradition of Critical Social Theory. Cambridge: Cambridge University Press, 2007a, p. 215-237.

FORST, R. "First Things First: Redistribution, Recognition and Justification". European Journal of Political Theory 6 (3), p. 291-304, 2007b.

Capitalização de títulos de livros e artigos:

- Em português: Apenas a primeira palavra capitalizada (além de nomes próprios).

:: Exemplos

Razão e revolução: Hegel e o advento da teoria social (e não Razão e Revolução: Hegel e o Advento da Teoria Social)

"Teoria tradicional e teoria crítica" (e não "Teoria Tradicional e Teoria Crítica")

- Em inglês: capitalizar a primeira e a última palavras, bem como substantivos, pronomes, adjetivos, verbos, advérbios e conjunções subordinadas; não capitalizar artigos, conjunções coordenadas e preposições (estilo Chicago).

:: Exemplos

Reason and Revolution

"Traditional Theory and Critical Theory"

Indicação do número de páginas:

- Utilizar "p.", seguido de espaço antes do número

:: Exemplo

..., p. 291 (em vez de p.291)

- Mesmo quando se tratar de mais de uma página, utilizar apenas um "p.".

:: Exemplo

..., p. 291-304 (em vez de pp. 291-304)