Sociedades bem ordenadas e os projetos de John Rawls em A Theory of Justice e Political Liberalism

  • Leandro Martins Zanitelli Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Palavras-chave: Rawls; sociedade bem ordenada; justiça como equidade; liberalismo político

Resumo

O artigo se ocupa com as diferenças entre os ideais sociais encontrados na duas principais obras de John Rawls, as sociedades bem ordenadas de A Theory of Justice e Political Liberalism. A questão é se, em vista das diferenças – e, em particular, do fato de, diferentemente do que ocorre em A Theory of Justice, a sociedade bem ordenada de Political Liberalism se caracterizar pelo possível desacordo sobre a concepção mais razoável de justiça – os projetos de Rawls nas duas obras são compatíveis. A conclusão é afirmativa, a despeito de alguns dos argumentos de A Theory of Justice em favor da justiça como equidade frente a concepções de justiça rivais (em especial, o utilitarismo) não sobreviverem à transição para Political Liberalism. Ao final, ventila-se a dúvida sobre a conveniência de insistir, como faz parte da literatura rawlsiana recente, no debate sobre arranjos institucionais (como a democracia de cidadãos proprietários e o socialismo liberal) cuja realização dependa da aceitação generalizada a uma particular concepção de justiça como a que é defendida por Rawls em A Theory of Justice.

Publicado
2021-04-16
Seção
Artigos (Fluxo contínuo)