Chamada: Teoria Decolonial e Teoria Crítica

A teoria crítica e as teorias decoloniais por muito tempo viram-se reciprocamente com certa desconfiança. De um lado, e com razão, as teorias de- ou pós-coloniais destacam as dimensões eurocêntricas da filosofia acadêmica hegemônica em geral e da teoria crítica em particular, questionando a pretensão de universalismo que habita a filosofia crítica desde Hegel e Marx até os dias de hoje. De outro, e tampouco sem razão, representantes da teoria crítica frequentemente expressam receio em abandonar por completo o universal e embarcar inequivocamente no particular, preocupados com a fragmentação teórica e política que daí pode advir.

Recentemente, no entanto, há um interesse crescente em tematizar as possíveis conexões entre a teoria crítica e os paradigmas conceituais fundados sobre uma crítica ao colonialismo – não apenas as teorias de- e pós-coloniais, mas também as epistemologias do Sul, os estudos subalternos, periféricos ou marginais, entre outros. A reversão de estruturas históricas de dominação certamente figura como um horizonte comum, mas ainda há muito a ser percorrido para possibilitar uma fertilização cruzada entre essas tradições críticas, que são elas mesmas altamente diversas e internamente diferenciadas.

O dossiê Teoria decolonial e teoria crítica pretende contribuir para o avanço dessa cooperação e convida a submissão de artigos, resenhas e traduções de textos que reflitam sobre esse diálogo – ou a falta dele – nas áreas de filosofia, política, história, estética, epistemologia, educação, sociologia, entre outras.

Algumas sugestões de temas:

  • Convergências e divergências entre a teoria crítica e teorias de- e pós-coloniais
  • Teoria crítica na(s) periferia(s): recepção, críticas e diálogos
  • Teoria crítica no/do/sobre o Brasil e a América Latina
  • Teorias pós- e decoloniais: tensões entre o particular e o universal
  • Teoria crítica, raça e interseccionalidade
  • Teoria crítica, história, progresso e justiça global
  • O que significa “descolonizar” a teoria crítica hoje?
  • O que as teorias pós- e decoloniais têm a aprender com a teoria crítica?
  • O que a teoria crítica tem a aprender com as teorias pós- e decoloniais?

Prazo para recebimento de artigos e resenhas: 31/12/2019

Editoras responsáveis: Mariana Teixeira e Mariana Fidelis (editora convidada)

Acesse as normas de formatação e estilo, citações e referências bibliográficas antes de submeter um trabalho.

Para mais informações, entre em contato pelo e-mail: revteoriacritica@gmail.com