A atuação de populações neorurais em atividades sustentáveis

um estudo de caso do grupo " Orgânicos da Mantiqueira"

  • Nádia Jarouche Aun Universidade Federal de São Carlos http://orcid.org/0000-0003-3410-5719
  • Luis Antonio Cabello Norder Universidade Federal de São Carlos
  • Giovanna Garcia Fagundes Universidade Estadual de Campinas
Palavras-chave: Ruralidades, Neorrurais, Multifuncionalidade, Agricultura orgânica

Resumo

Este artigo propõe uma discussão sobre populações neorurais e suas formas de atuação. Discute-se as novas formas de ocupação do espaço rural e as múltiplas funções que lhe são atribuídas. Analisa-se a construção das novas ruralidades como formas diferenciadas de ocupar um espaço. Também são apontadas as diferenças que se desenham entre rural e urbano e como a atribuição de significados influencia na formação dos espaços. Finalmente, estuda-se a ocupação do rural a partir das peculiaridades produtivas e organizacionais de populações (neorrurais e rurais locais) através da agricultura de base ecológica.

Biografia do Autor

Nádia Jarouche Aun, Universidade Federal de São Carlos

Mestre em Agroecologia e Desenvolvimento Rural – UFSCar.

Luis Antonio Cabello Norder, Universidade Federal de São Carlos

Doutorado em Ciências Sociais - Wageningen University And Research Centre (2004). Professor Associado na Universidade Federal de São Carlos.

Giovanna Garcia Fagundes, Universidade Estadual de Campinas

Bióloga. Departamento de Biologia Animal.

Referências

Área de Proteção Ambiental Fernão Dias (APA FERNÃO DIAS). Plano de Gestão. Out, 2009. Disponível em: http://sites.google.com/site/apafernaodias/plano-de-gestao. Acessado em: 18 dez. 2010 às 13h00.

BONNAL, P.; MALUF, R. S. Políticas de desenvolvimento territorial e a multifuncionalidade da agricultura familiar no Brasil. I Colóquio Internacional de Desenvolvimento Territorial Sustentável, Florianópolis (SC), agosto de 2007.

BRANDEMBURG, A. Ciências sociais e ambiente rural: principais temas e perspectivas analíticas. Ambiente & Sociedade, vol. VIII nº 1, jan./jun. 2005.

CAMARGO, R. A. L. Agricultura Familiar e ruralidade em Ouro Fino – MG. 2010. Tese (Doutorado). Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Agrícola.

CARNEIRO, M. J. Ruralidade: novas identidades em construção. Estudos Sociedade e Agricultura, vol. 11, p. 53-75, out. 1998.

GIULIANI, Gian. M. Neo-ruralismo: o novo estilo dos velhos tempos. Revista Brasileira de Ciências Sociais, n. 14, p. 59-67,1990.

GUIDDENS, A. Admirável mundo novo: o novo contexto da política. Cadernos CRH, Salvador, n. 21. p. 9-28, jul./dez. 1994.

GUIVANT, J. S. Heterogeneidade de conhecimentos no desenvolvimento rural sustentável. Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v.14, n.3, p. 411-446, 1997.

PEIXOTO, P. O desaparecimento do mundo rural. VIII Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais: A questão social do novo milênio, Coimbra, Centro de Estudos Sociais da Faculdade de Economia. Universidade de Coimbra, 16, 17 e 18 de setembro de 2004.

SABOURIN, E. Sociedades e Organizações Camponesas. Uma leitura através da reciprocidade. Editora UFRGS. Porto Alegre, 2011.

SABOURIN, E. A construção social dos mecanismos de qualificação e certificação entre reciprocidade e troca mercantil. Revista Espaço de Diálogo e Desconexão, Araraquara, v.4, n. 2, jan/jul 2012.

SABOURIN, E. Reciprocidade e Análise de Políticas Públicas no Brasil. Ruris. Volume 6, Número 2, set. 2012.

VEIGA, J. E. O Brasil rural ainda não encontrou o seu eixo de desenvolvimento. Estudos Avançados, São Paulo, Universidade de São, Paulo, vol. 15, n, p. 43, p. 101-119, 2001.

VEIGA, J. E. A relação rural/urbano no desenvolvimento regional. Cadernos do CEAM, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares da Universidade de Brasília, UnB, vol. 17, p. 9-22, 2005.

WANDERLEY, M. N. B. A emergência de uma nova ruralidade nas sociedades modernas avançadas – o “rural” como espaço singular e ator coletivo. Estudos Sociedade e Agricultura, n. 15, p. 87-145, out. 2000.

Publicado
2020-07-25
Como Citar
Aun, N. J., Norder, L. A. C., & Fagundes, G. G. (2020). A atuação de populações neorurais em atividades sustentáveis. RURIS - Revista Do Centro De Estudos Rurais - UNICAMP, 12(1), 37-62. Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/ruris/article/view/2918
Seção
Artigos