Amazônia e Bengala Ocidental

singularidades e possibilidades

Palavras-chave: Intercâmbio, Campesinato, Juta

Resumo

Este texto analisa as singularidades e especificidades da Amazônia e de Bengala Ocidental. Essas regiões possuem rica biossociodiversidade e são estratégicas para o desenvolvimento econômico e ambiental de Brasil e Índia. Nesse sentido, o aumento de intercâmbio entre elas é fundamental para o estabelecimento de fluxos comerciais e culturais alternativos aos dos países centrais, a partir da construção de um diálogo do Sul com o Sul. Por meio de pesquisa de campo, documental e bibliográfica, realizada nos estados do Amazonas, do Pará e de Bengala Ocidental, o objetivo deste artigo é contribuir com novos conhecimentos que auxiliem esse diálogo.

Biografia do Autor

Aldenor da Silva Ferreira, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul

Doutor em Ciências Sociais, professor adjunto da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Naviraí.

Sonia Maria Pessoa Pereira Bergamasco, Universidade Federal de São Carlos

Doutora em Ciências, professora visitante sênior da Universidade Federal de São Carlos, Campus de Araras.

Referências

BACHELARD, Gaston. A Formação do Espírito Científico: contribuição para uma psicanálise do conhecimento. Rio de Janeiro, Contraponto, 1996.

BOTTOMORE, Thomas. Dicionário do Pensamento Marxista. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editores, 1988.

FERREIRA, Aldenor da Silva. Fios dourados dos trópicos: culturas, histórias, singularidades e possibilidades (juta e malva – Brasil e Índia). Tese de doutorado, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2016.

FERREIRA, Aldenor Silva da; Homma, Alfredo. Kingo. Oyama. Ryota Oyama: uma biografia. In: HOMMA, A. K. O. et al. Imigração japonesa na Amazônia: contribuição na agricultura e vínculo com o desenvolvimento regional. Manaus: EDUA, 2011.

INTERCÂMBIO COMERCIAL DO AGRONEGÓCIO 2009. Disponível em: www.agricultura.gov.br/arqeditor/file. Acesso em: 19 dez. 2015.

MUKHERJEE, Madhumita. (2016),“Piscicultura alimentada com águas servidas na periferia de Kolkata”. Revista de Agricultura Urbana. Disponível em: http://www.agriculturaurbana.org.br/RAU/AU10/AU10kolkata.html. Acesso em: 20 mai. 2016.

NEPOMUCENO, Rosa. O Brasil na rota das especiarias: o leva e traz de cheiros, as surpresas da ova terra. Rio de Janeiro, José Olympio, 2005.

PETERSEN, Paulo (Org.). Agricultura familiar camponesa na construção do futuro. Rio de Janeiro, AS-PTA, 2009.

PLOEG, JanDouweVan Der.Sete teses sobre a agricultura camponesa, in PETERSEN, Paulo. (Org.). Agricultura familiar camponesa na construção do futuro. Rio de Janeiro, AS-PTA, 2009.

RIBEIRO, Maurício Andrés.Tesouros da Índia: para a civilização sustentável. Belo Horizonte, RONA, 2003.

SAID, Edward W. Orientalismo: o Oriente como invenção do Ocidente. Trad. Tomás Rosa Bueno. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Para além do pensamento abissal: das linhas globais a uma ecologia dos saberes, in SANTOS, Boaventura de Sousa; MENESES, Maria Paula de Sousa. Epistemologias do Sul. São Paulo, Cortez, 2010.

Publicado
2020-07-25
Como Citar
Ferreira, A. da S., & Bergamasco, S. M. P. P. (2020). Amazônia e Bengala Ocidental. RURIS - Revista Do Centro De Estudos Rurais - UNICAMP, 12(1), 07-36. Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/ruris/article/view/2857
Seção
Artigos