Anotações sobre a autobiografia de um líder indígena

  • Mariana da Costa A. Petroni

Resumo

Este texto busca examinar, nos interstícios das consequências do movimento indígena nacional (1970-1990), sua construção, a partir da narrativa de Álvaro Tukano sobre sua própria trajetória política, explicitada em seu livro inédito. Ao escrever sua própria versão, Álvaro conta seus próprios processos de transformação - aqueles de apropriação dos códigos impostos para afirmar sua diferença – e, por meio de suas experiências, testemunha seus propósitos explicativos e seu envolvimento com os jogos de poder. A partir de sua narrativa, abre um novo lócus de enunciação, do qual não se afirma apenas a existência de uma agência indígena, mas suas especificidades.
Publicado
2015-02-09
Como Citar
Petroni, M. da C. A. (2015). Anotações sobre a autobiografia de um líder indígena. História Social, 2(25), 185-204. Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/rhs/article/view/1842

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##