ANCÉS e outras macumbarias

poética visual de rastros insurgentes

  • Tieta Macau Universidade Federal do Ceará
Palavras-chave: Fotografia, Galeria, Decolonialismo, Artes

Resumo

N/A

Biografia do Autor

Tieta Macau, Universidade Federal do Ceará

Mestranda em História Social e graduanda em Dança, ambos pela Universidade Federal do Ceará.

Referências

BELTING, Hans. O fim da história da arte: uma revisão dez anos depois. São Paulo: Cosac Naify, 2006.
BENJAMIM, Walter. Obras Escolhidas v. I: Magia e técnica, arte e política. São Paulo: Brasiliense, 1985.
MBEMBE, A. Necropolítica. São Paulo, sp: n-1 edições, 2018.
OLIVEIRA, Eduardo. Filosofia da Ancestralidade: corpo e mito na filosofia da educação brasileira. Curitiba: Gráfica e Editora Popular, 2007.
SANTOS, A. Bispo. Colonização, Quilombos: modos e significações. 2ª Ed. Brassília: AYÔ, 2019.
SILVA, Luciene R. Corpo em diáspora: colonialidade, pedagogia de dança e técnica Germaine Acogny. Tese (doutorado) - Universidade de Campinas. Campinas, SP, 2017.
Publicado
2020-08-18
Como Citar
Macau, T. (2020). ANCÉS e outras macumbarias. PROA Revista De Antropologia E Arte, 1(10), 310-332. Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/proa/article/view/4128