Rita Loureiro

“primitiva” ou erudita?

  • Edinaldo Gonçalves Coelho Universidade Federal de Rondônia
Palavras-chave: Rita Loureiro, Arte Primitiva, Henri Rousseau, Hieronymus Bosch

Resumo

O presente artigo tem como objetivo responder à indagação: Rita Loureiro é uma pintora primitiva ou erudita? Tal questionamento é pertinente porque as pinturas da artista parecem ter características que as enquadram no estilo primitivo, tais como muitas figuras no espaço pictórico e elementos da cultura popular, inclusive sendo classificada como pintora naïf por Hélène Renard. Porém, Gilda de Mello e Souza sugeriu que a artista é erudita ao elencar aproximações entre a pintora amazonense e pintores renascentistas, mesmo Loureiro não tendo frequentado academias de arte, sendo autodidata. A partir da leitura e análise de duas de suas obras, comparamos o seu estilo com os estilos de artistas renomados como Hieronymus Bosch, pintor holandês, e Henri Rousseau, artista francês da pintura naïf. Nosso foco será analisar os estilos por meio da construção pictórica, estudando técnicas e elementos próprios da pintura a partir da análise da sintaxe visual embasado em Donis Dondis. Dessa maneira, ao compararmos os estilos desses artistas, teremos a seguinte hipótese: Rita Loureiro é erudita por ter um estilo alinhado ao clássico e afastado do primitivo.

Biografia do Autor

Edinaldo Gonçalves Coelho, Universidade Federal de Rondônia

Possui Licenciatura em Arte/Educação Artística pelo Centro Universitário Claretiano de Batatais, SP (2014). Especialista em Metodologia do Ensino de Artes pelo Centro Universitário Internacional - Uninter, PR (2016), Mestrado em Estudos Literários na linha de pesquisa Literatura, Outros saberes e Outras Artes pela Universidade Federal de Rondônia (2016) e Especialização em andamento em História da Arte pelo Centro Universitário Claretiano (2018). Professor de Arte do Ensino Fundamental e Médio da rede pública de ensino do Estado de Rondônia e da rede privada. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Artes Visuais e Teatro/Educação.

Referências

ARTE Primitiva. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2018. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/termo3183/arte-primitiva>. Acesso em: 23 de Mai. 2018.

AQUINO, Flávio de. Aspectos da pintura primitiva brasileira. Rio de Janeiro: Editora Spala, 1978.

BOSCH. Coleção Mestres da Pintura. São Paulo, SP: Abril Cultural, 1977.

LOUREIRO, Rita. Boi tema. Apresentação Gilda de Mello e Souza. Rio de Janeiro: Philobiblion, 1987.

____. Rita Loureiro: interpretação de Macunaíma. São Paulo: MAM, 1982.

____. Rita Loureiro: pinturas, a borracha da Amazônia. Apresentação de Olney Kruse. São Paulo: Galeria de Arte Paulo Vasconcellos, 1989.

RITA Loureiro. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2018. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa1387/rita-loureiro>. Acesso em: 23 de Abr. 2018. Verbete da Enciclopédia. ISBN: 978-85-7979-060-7.

<https://www.ebiografia.com/hieronymus/> Acesso em maio, 2018.

<http://virusdaarte.net/bosch-a-carroca-de-feno/> Acesso em maio, 2018.

Publicado
2019-12-15
Como Citar
Coelho, E. G. (2019). Rita Loureiro. PROA Revista De Antropologia E Arte, 2(9), 203 - 220. Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/proa/article/view/3223