Feriado em Iporanga

Resumo

Feriado em Iporanga é um documentário sobre a cultura popular de uma pequena cidade no Vale do Ribeira - SP. A história retrata um passeio pela vida iporanguense à época do Réveillon de 2015: música, festividades, trabalho e uma procissão que flutua sobre as águas do Rio Ribeira de Iguape.

O curta é um Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Departamento de Cinema, Rádio e Televisão da ECA-USP em fevereiro de 2016. Foi filmado por uma equipe de 7 pessoas, com câmeras DSLR. A filmagem levou uma semana. Considerando as etapas de pré-produção e de montagem e finalização, o processo de realização levou 2 anos (2014-2016).

O principal evento retratado no documentário é a procissão fluvial de Nossa Senhora do Livramento. Todos os anos, os moradores de Iporanga constroem a barca que leva a imagem da santa pelas águas do Rio Ribeira. É uma tradição secular, mantida pelo povo que vive nas áreas rural e urbana de Iporanga.

O filme é pontuado por narrações de trechos do Sermão XIV do Padre Antônio Vieira. Trata-se de um texto pertencente à série Maria Rosa Mística, em que Vieira medita sobre os mistérios do Rosário. Neste sermão, Vieira fala sobre o povo negro escravizado e seu lugar junto a Cristo.

Participou de festivais de cinema em São Paulo e em Beijing. No Réveillon de 2017, foi apresentado em Iporanga, com projeção ao ar livre na Praça Matriz da cidade.

FILME COMPLETOhttps://youtu.be/IHUyXC2uSr4

Biografia do Autor

Lorena Duarte de Oliveira

Bacharel em Audiovisual pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Atualmente é mestranda na mesma escola, sob ofrientação do Prof. Dr. Rubens Machado Jr.

Atua nas áreas de pesquisa, direção, produção e montagem para cinema.

Publicado
2018-12-15
Como Citar
Oliveira, L. D. de. (2018). Feriado em Iporanga. PROA Revista De Antropologia E Arte, 2(8), 181. Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/proa/article/view/3119