As escolas de samba e as transformações socioculturais no carnaval de Rio Novo: memórias e representações dos desfiles carnavalescos de uma pequena cidade do interior de Minas Gerais (1960-1979)

  • Felipe Araujo Xavier

Resumo

Resumo: Este artigo tem como objetivo apresentar parte da história do carnaval de Rio Novo – MG, por meio dos depoimentos de foliões rionovenses de outrora, que retrataram em suas memórias o surgimento e a consolidação das Escolas de Samba no carnaval da cidade entre 1960 e 1979. Dentro dessa temática, abordo a organização racista e discriminatória do arranjo social dos clubes carnavalescos rionovenses, a crise do carnaval de clubes, a ascensão das Escolas de Samba dos negros e a consolidação do carnaval de rua e dos desfiles das Escolas de Samba como a principal atração da pequena cidade Rio Novo, procurando mostrar que esse desenrolar histórico minou parcialmente a tradicional segregação social e racial da cidade.

Palavras-chave: Rio Novo; carnaval; Escola de Samba; memória; história oral.

 

The Samba Schools and the Sociocultural Transformations of the Rio Novo’s Carnival: Memories and Representations of the Carnival Parades of a Small City in the Interior of Minas Gerais (1960-1979)

 Abstract: This paper aims to present part of the carnival history of Rio Novo-MG, through the testimonies of the olds merrymakers of the Rio Novo that portray in his memories the emergency and consolidation of the Samba School in Rio Novo carnival, between 1960 and 1979. Within this topic, I approach the racist and discriminatory social organization of the Rio Novo society and of the social arrangement of the carnival clubs of the Rio Novo, the carnival clubs crisis, the rise of the blacks Samba School, and the consolidation of the street carnival  with the Samba School parade as main attraction of the small city Rio Novo, historical development that eroded part of the traditional social and racial segregation of the Rio Novo’s society.

Keywords: Rio Novo; Carnival; Samba School; Memory; Oral History.

Biografia do Autor

Felipe Araujo Xavier
Licenciado e bacharel (2006), mestre (2010) e doutor (2015) em História pela Universidade Federal de Juiz de Fora na área de concentração: Narrativas, Imagens e Sociabilidades da Faculdade de História da UFJF. No mestrado teve experiência na área de História Cultural, com ênfase em estudos focados nas festividades, principalmente o Carnaval, História Oral e Memória. No doutorado, desenvolveu uma pesquisa na área da História da Historiografia, com um estágio de 9 meses (Bolsa PSDE-CAPES 7896\13-1) como pesquisador visitante junto à Scuola Normale Superiore di Pisa, tendo como objeto de estudo a trajetória intelectual de Delio Cantimori (1904 – 1966), seu diálogo com os historiadores e as mais diversas correntes de pensamento, com destaque para o idealismo italiano, o materialismo histórico, o historicismo e a História da Cultura, e sua relação política com o fascismo e o Partido Comunista Italiano e, por fim, seu distanciamento das mais diversas ideologias políticas.

Referências

ALBERTI, Verena. Manual de história oral. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2004.

CARMO, Brenildo Ayres do. Na mesma Praça. História, fatos e lembranças. História e cultura dos Sertões do Leste: Revista Chico Boticário, Rio Novo, jan. 2006, pp. 30-37.

CHARTIER, Roger. História cultural: entre as práticas e representações. Lisboa: Difel, 1990.

FERNANDES, Tania Maria. Edição de entrevista: de linguagem falada à escrita. In: MONTENEGRO, Antônio Torres; FERNANDES, Tania Maria (orgs.). História oral: um espaço plural. Recife: Universitária, 2001, pp. 91-98.

ROUSSO, Henry. A memória não é mais o que era. In: AMADO, Janaína; FERREIRA, Marieta de Moraes (orgs.). Usos e abusos da história oral. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2002, pp. 93-101.

SOIHET, Rachel. A subversão pelo riso: estudos sobre o carnaval carioca da Belle Époque ao tempo de Vargas. Rio de Janeiro: Editora Fundação Getúlio Vargas, 1998.

Documentos

PÁVEL, Benjamim. Besta de sela – memórias romanceadas. Rio de Janeiro: Editora Pongetti, 1965.

A Gazeta. Rio Novo, 11 de março de 1979. S.l.: s.n. [cópia da página 1]. Arquivo da Fundação Chico Boticário, Rio Novo, MG.

Fontes orais

ABREU, Cícero Vasconcelos de. Entrevistadores: Felipe Araújo Xavier e André Colombo. Local da entrevista: residência do entrevistado. Rio Novo, Minas Gerais. 24 de julho de 2009.

CÂNDIDO, Altivo. Entrevistadores: Felipe Araújo Xavier e Ieda Callian. Local da entrevista: Praça Marechal Floriano. Rio Novo, Minas Gerais. 4 de outubro de 2009.

COELHO, Antônio. Entrevistadores: Felipe Araújo Xavier e André Colombo. Local da entrevista: residência do entrevistado. Rio Novo, Minas Gerais. 16 de julho de 2008.

CARMO, Brenildo Ayres. Entrevistador: Felipe Araújo Xavier. Local da entrevista: Fundação Chico Boticário. Rio Novo, Minas Gerais. 11 de agosto de 2009.

GOMIDE, Aretusa de Carvalho. Entrevistadores: Felipe Araújo Xavier e André Colombo. Local da entrevista: residência da entrevistada. Rio Novo, Minas Gerais. 23 de março de 2009.

GONTIJO, Maria Aparecida. Entrevistadores: Felipe Araújo Xavier e André Colombo. Local da entrevista: residência da entrevistada. Rio Novo, Minas Gerais. 14 de julho de 2008.

NETO, João Pinheiro. Entrevistador: Felipe Araújo Xavier. Local da entrevista: residência do entrevistado. Rio Novo, Minas Gerais. 12 de maio de 2009.

PEREIRA, Dirval M. Entrevistadores: Felipe Araújo Xavier e Ieda Callian. Local da entrevista: residência do entrevistado. Rio Novo, Minas Gerais. 4 de outubro de 2009

Publicado
2019-07-15
Como Citar
Xavier, F. A. (2019). As escolas de samba e as transformações socioculturais no carnaval de Rio Novo: memórias e representações dos desfiles carnavalescos de uma pequena cidade do interior de Minas Gerais (1960-1979). PROA Revista De Antropologia E Arte, 1(9), 74-95. Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/proa/article/view/3086