CAPÍTULOS DA MODERNIDADE: moda e consumo na Paris do século XIX

  • Miqueli Michetti Universidade Estadual de Campinas

Resumo

O artigo é um estudo sobre as relações entre o desenvolvimento da moda e do consumo em seu sentido moderno e as transformações materiais e simbólicas trazidas pela modernidade nascente. O século XIX constitui o foco principal da análise, no entanto, o mapeamento das origens desses fenômenos sociais ganha densidade se retrocedermos ao período histórico anterior, quando as aparências eram reguladas por leis. Esse contraponto permite perceber tanto a profundidade das mudanças referidas ao contexto moderno quanto a reconstrução das hierarquias implicadas nas novas relações de consumo. A cidade de Paris constitui o recorte espacial da análise, visto que ela pode ser considerada um centro mundial de moda e a construção dessa hegemonia ocorre no contexto apresentado no texto a seguir.

Biografia do Autor

Miqueli Michetti, Universidade Estadual de Campinas
Possui bacharelado e licenciatura em Ciências Sociais pela UNESP e mestrado em sociologia pela mesma universidade. Atualmente é doutoranda do programa de pós-graduação em sociologia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UNICAMP e desenvolve estágio de doutorado no Centre de Recherche sur le Brésil Contemporain de l’École des Hautes Études en Sciences Sociales (CRBC/ EHESS – Paris).

Referências

Referências Bibliográficas

BENJAMIN, W. Paris, Capital do século XIX. In: KOTHE, F. (org). Walter Benjamin. São Paulo: Ática, 1991.

BENJAMIN, W. Moda. IN: BOLLE, W. (org). Passagens. Belo Horizonte: Editora UFMG; São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2006.

BRAGA, J. História da Moda: uma narrativa. São Paulo: Editora Anhembi Morumbi, 2004.

LIPOVETSKY, G. O Império de Efêmero. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

LIPOVETSKY, G. & ROUX, E. O luxo eterno: da idade do sagrado ao tempo das marcas. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

MARINAS, J. M. La fábula del bazar: orígenes de la cultura del consumo. Madrid: La Balsa de la Medusa, 2001.

MICHETTI, M. Sobre a moda: uma abordagem benjaminiana. IN: BUENO, S.F. (org). Teoria Crítica e Sociedade Contemporânea. São Paulo: Editora Unesp, 2009.

ORTIZ, R. Cultura e modernidade: a França no século XIX. São Paulo: Brasiliense, 1991.

ORY, P. Les expositions universelles de Paris. Paris: Éditions Ransay, 1982.

PESAVENTO, S. J. Exposições universais: espetáculos da modernidade do século XIX. São Paulo: Hucitec, 1997.

PERROT, P. Les dessus et les dessous de la bourgeoisie: une histoire du vêtement au XIXe siècle. Paris : Fayard, 1981.

PERROT, P. Le travail des apparences: ou les transformations du corps féminin XVIIIe–XIXe siècle. Paris : Editions du Seuil, 1984.

ROCHE, D. La culture des apparences: une histoire du vêtement XVIIe

- XVIIIe siècle. Paris: Fayard, 1989.

ROCHE, D. Histoire des choses banales: naissance de la consommation XVIIe – XIXe siecle. Paris : Fayard, 1997.

SIMMEL, G. A moda. IN: ______.. Fidelidade, gratidão e outros textos. Lisboa: Relógio d’água Editores, 2004.

SOUZA, G. M. O Espírito das Roupas: A Moda no século XIX. São Paulo: Cia da Letras, 1996.

STEELE, V. Paris fashion: a cultural history. New York: Oxford University Press, 1999.

VEBLEN, T. A Teoria da Classe Ociosa. São Paulo: Pioneira Editora, 1965.

WILLIAMS, R.H. Dream Worlds: mass consumption in late nineteenth-century France. Los Angeles: University of California Press, 1991.

ZOLA, E. O Paraíso das Damas. São Paulo: Cia Brasil Editora, 1956.

Publicado
2009-11-01
Como Citar
Michetti, M. (2009). CAPÍTULOS DA MODERNIDADE: moda e consumo na Paris do século XIX. PROA Revista De Antropologia E Arte, 1(1). Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/proa/article/view/2398
Edição
Seção
Artigos