O corpo em La Circoncision (1949): o entrelaçamento fílmico das mise en scènes obra de Jean Rouch

  • Fabiano Lucena de Araújo Universidade Federal da Paraíba

Resumo

O presente trabalho visa a analisar o percurso etnográfico da obra de Jean Rouch, baseado nas concepções de cine-transe e a antropologia partilhada, partindo de uma das suas primeiras obras, La circoncision (1949) e de comentários do próprio autor. Tendo em vista a ampliação das fronteiras de investigação, tanto de uma perspectiva reflexiva que se vale do corpo como instrumento heurístico, quanto do relacionamento com a alteridade, em que se revela uma postura dialógica, a discussão aqui apresentada enfatiza a transição e a disposição destes elementos na obra do cineasta antropólogo, evidenciando os traços e contextos que os provocam, como a incorporação da participação nativa na mise en scène e o feedback do material filmado.

Biografia do Autor

Fabiano Lucena de Araújo, Universidade Federal da Paraíba
Mestrando em Antropologia pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal da Paraíba

Referências

DAMINELLO, Luiz Adriano. Entre duas margens: do filme etnográfico ao cinema-verité e o

lugar do filme La Pyramide Humaine na obra de Jean Rouch. Dissertação de Mestrado

apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Multimeios do Instituto de Arte da Universidade

Estadual de Campinas, 2010.

FRANCE, Claudine de. Cinema e Antropologia. Campinas: UNICAMP, 1998.

FREIRE, Marcius. Jean Rouch e a Invenção do Outro no Documentário. Doc On-Line, dez.

, n. 03. Disponível em http://www.doc.ubi.pt/03/doc03.pdf

GENNEP, Arnold Van. Ritos de Passagem. Petrópolis: Vozes, 1978.

GONÇALVES, Marco Antonio. Encontros “Encorporados” e Conhecimento pelo Corpo: Filme

e Etnografia em Jean Rouch. Devires. Belo Horizonte: Fafich/UFMG,

V.6. N. 2, P- 28-45, Jul-Dez, 2009.

__________________. O Real Imaginado: Etnografia, cinema e surrealismo em Jean Rouch.

Rio de Janeiro: Topbooks, 2008.

HEIDER, Karl G. Uma história do filme etnográfico. Cadernos de antropologia e imagem. Rio

de Janeiro: UERJ, N.1. ps: 31-54, 1995.

HIKIJI, Rose Satiko Gitirana. Imagem-violência: etnografia de um cinema provocador. São Paulo:

Terceiro Nome, 2012.

___________________________. Rouch Compartilhado. Premonições e provocações para

uma antropologia contemporânea. Iluminuras. Porto Alegre, v. 14, n. 32, p.113-122, jan-jun.

Disponível em: http://usp.br/napedra/wp-content/uploads/2013/03/ilumiuras.pdf

HIRANO, Luís Felipe Kojima. Uma Interpretação do cinema brasileiro através de Grande Otelo:

raça, corpo e gênero em sua performance cinematográfica (1917-1993). Tese de Doutorado

apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Faculdade de Filosofia,

Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, 2013.

LE BRETON, David. A Sociologia do Corpo. 2ed. Petrópolis: Vozes, 2007.

MAUSS, Marcel. Sociologia e Antropologia. São Paulo: Cosac Naify, 2003.

MENEZES, Paulo. Le Maîtres Fous, de Jean Rouch: Questões Epistemológicas da relação

entre cinema documental e produção do conhecimento. Revista Brasileira de Ciências Sociais,

vol. 22, n. 63, p: 81-91, fev. 2007. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.

oa?id=10706307

PIAULT, Marc Henri. Um Cinema Espelho? Por uma Antropologia Partilhada. In: 2ª Reunião

Brasileira de Antropologia. Conferências e Práticas Antropológicas. Blumenau: Nova Letra, p:

-210, 2007.

RIBEIRO, José da Silva. Antropologia Visual – da minúcia ao olhar distanciado. Porto: Edições

Afrontamento, 2004

ROUCH, Jean. The camera and man. In: HOCKINGS, PAUL (org.) Principles of visual anthropology.

The Hague: Mouton Publishers, 1975

SILVA, Mateus Araújo (org.). Jean Rouch: retrospectiva e colóquios no Brasil. Belo Horizonte:

Balafon, 2010.

SZTUTMAN, Renato. Imagens perigosas: a possessão e a gênese do cinema de Jean Rouch.

Cadernos de Campo. São Paulo, n. 13, p. 115-124, 2005. Disponível em http://www.revistas.

usp.br/cadernosdecampo/article/viewFile/50254/54368

TURNER, Victor. O Processo Ritual: estrutura e anti-estrutura. Petrópolis: Vozes, 1974.

VANOYE, Francis & GOLIOT-LÉTÉ, Anne. Ensaio sobre a análise fílmica. Campinas: Papirus,

Publicado
2014-12-01
Como Citar
Araújo, F. L. de. (2014). O corpo em La Circoncision (1949): o entrelaçamento fílmico das mise en scènes obra de Jean Rouch. PROA Revista De Antropologia E Arte, 1(5). Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/proa/article/view/2335