A publicação dos artigos da presente edição do periódico Modernos & Contemporâneos representa uma rara oportunidade oferecida aos estudiosos da filosofia no Brasil, estudiosos estes que desenvolvem suas atividades de ensino e pesquisa em Instituições do Norte e Nordeste de nosso país. Como se pode constatar, a quase totalidade dos autores participantes do atual número do periódico escreveram artigos voltados para o pensamento kantiano, mas participam também da publicação dois autores que dedicam estudos às filosofias de Hume e Hobbes. Ambos importantes pensadores constam em nosso dossiê por pertencerem à
tradição filosófica que Kant está vinculado, e por terem ecoado de algum modo no pensamento do filósofo alemão. Por tal razão, justificada está a presença de dois artigos convenientemente acomodados junto aos demais que tematizam aspectos do pensamento kantiano.
Os artigos produzidos pelos Professores do Estado do Pará, em sua maioria vinculados à Universidade Federal do Pará (UFPa), detém relevante notabilidade em virtude da crescente consolidação da pesquisa filosófica na UFPa, a qual teve um considerável avanço após passar pouco mais de uma década da implantação do primeiro Programa de Pós-Graduação em Filosofia da região Norte do Brasil. Nos demais Estados dessa região, o estudo da filosofia se mantém a nível de graduação. Excetua-se o Estado de Rondônia, cujo Programa de Pós-graduação em filosofia foi recentemente implantado na Universidade Federal desse Estado.Embora não desconheçamos e nem tenhamos limitado a participação de autores de outros Estados da região no dossiê, somente foi possível reunir o testemunho investigativo de autores vinculados à UFPa e, também, que mantiveram vínculo (dois ex-alunos) com a citada instituição.A partir da colaboração de três Professores do Estado do Maranhão e um Professor de Estado Sergipe completamos o dossiê na parte atinente à região Nordeste. Diferentemente do Norte, a região Nordeste conta com cursos de graduação e Pós-graduação em Filosofia em todos os Estados que a constituem. Devido ao maior intervalo de tempo em que se desenvolvem, o ensino e a pesquisa filosófica nordestinas têm maior visibilidade no cenário nacional. O objetivo precípuo do atual número da presente publicação consiste em contribuir para o aumento dessa visibilidade ao estendê-la para o Norte e Nordeste. Esta contribuição é de importância altamente relevante em virtude da tentativa de irmanar a filosofia dessas duas regiões aos destacados centros de estudo e divulgação da filosofia no Brasil.
A filosofia inscrita nos trabalhos aqui publicados é produzida em solo brasileiro e em nada difere do modo como se tem praticado a reflexão filosófica nas demais regiões do Brasil. Os autores dos artigos fizeram seus estudos avançados nos mais afamados centros de pesquisa filosófica das Universidades do Sudeste brasileiro. Assim sendo, o leitor não deve esperar do presente dossiê nenhum tipo de exotismo filosófico que busque assentar seu caráter em alguma espécie de nacionalidade. 

Agostinho de Freitas Meirelles

Publicado: 2020-07-26

Editorial

Apresentação

Ficha Técnica