The Gravity of Consciousness Force Fields in Nishida and Einstein

  • Felipe Ferrari Gonçalves

Resumo

Um observador externo tende a compreender a relação de “atração gravitacional” que ocorre entre dois objetos localizados no espaço como sendo constituída de um corpo atraente e um corpo atraído, no entanto, de acordo com a ideia de Gravitationsfeld de Albert Einstein, corpos de massas distintas geram campos de intensidades distintas no espaço que os circunda de forma a que todos os corpos localizados no universo estejam constantemente atraindo uns aos outros com diferentes intensidades. O mesmo pode ser dito acerca da concepção de basho de Kitarō Nishida, de acordo com a qual, todo fenômeno alocado na consciência possui um basho de uma intensidade específica de forma que, para o “eu” que experiencia tais fenômenos, eles passam a ser percebidos como sendo ativos ou passivos uns em relação aos outros; embora estejam, de fato, relacionando-se mutuamente através de seus basho. Em suma, da mesma forma em que todas a coisas são conectadas no espaço, pela gravidade, topos os fenômenos são conectados na consciência, pelo basho.
Publicado
2018-10-23
Como Citar
Gonçalves, F. F. (2018). The Gravity of Consciousness Force Fields in Nishida and Einstein. Modernos & Contemporâneos - International Journal of Philosophy [issn 2595-1211], 2(3). Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/modernoscontemporaneos/article/view/3320