Doze conceitos básicos de direito em Kant e o composto Yijing

  • Stephen R. Palmquist

Resumo

Este quarto artigo de uma série de seis que correlacionam a filosofia kantiana e o Yijingcomeça por resumir os artigos precedentes: Ambos Kant e os 64 hexagramas (gua) do Yijing empregamuma argumentação “arquitetônica” para formar um sistema de quatro graus com 0+4+12+(4x12)elementos, o quarto grau de quatro conjuntos d doze, correlacionando-se ao modelo kantiano dasquatro “faculdades” universais. Este artigo explora o segundo do duodécuplo conjunto, a faculdade dalei. A “ideia da razão” a guiar esta asa da análise comparativa é a imortalidade. Três das “quaternidades”correspondem a três conjuntos de quatro gua no Yijing: a quarta parte da natureza da alma napsicologia racional (como substancial, simples, unificada, espacialmente relacionada) corresponde aosgua 47, 6, 58, 10, respectivamente; os três “Artigos Definitivos” e o quarto, “Artigo Secreto”, na Paraa Paz Perpétua correspondem aos gua 16, 5, 51, 21; e as quatro relações objetivas da lei do dever naMetafísica dos Costumes correspondem aos gua 25, 12, 17, 25.Este quarto artigo de uma série de seis que correlacionam a filosofia kantiana e o Yijing
começa por resumir os artigos precedentes: Ambos Kant e os 64 hexagramas (gua) do Yijing empregam
uma argumentação “arquitetônica” para formar um sistema de quatro graus com 0+4+12+(4x12)
elementos, o quarto grau de quatro conjuntos d doze, correlacionando-se ao modelo kantiano das
quatro “faculdades” universais. Este artigo explora o segundo do duodécuplo conjunto, a faculdade da
lei. A “ideia da razão” a guiar esta asa da análise comparativa é a imortalidade. Três das “quaternidades”
correspondem a três conjuntos de quatro gua no Yijing: a quarta parte da natureza da alma na
psicologia racional (como substancial, simples, unificada, espacialmente relacionada) corresponde aos
gua 47, 6, 58, 10, respectivamente; os três “Artigos Definitivos” e o quarto, “Artigo Secreto”, na Para
a Paz Perpétua correspondem aos gua 16, 5, 51, 21; e as quatro relações objetivas da lei do dever na
Metafísica dos Costumes correspondem aos gua 25, 12, 17, 25.

Biografia do Autor

Stephen R. Palmquist
Stephen R. Palmquist is Professor of Religion and Philosophy at Hong Kong Baptist University,where he has taught since earning his doctorate (Oxford University, 1987). Most of his 150+ publications (including tenbooks, and articles in numerous top-ranked journals) focus on various aspects of Kant’s philosophy. His most recent bookis A Comprehensive Commentary on Kant’s Religion with the Bounds of Bare Reason (Wiley, 2014). The present article formspart of a new book project, tentatively entitled Changing the Changeless.
Publicado
2018-03-03
Como Citar
Palmquist, S. R. (2018). Doze conceitos básicos de direito em Kant e o composto Yijing. Modernos & Contemporâneos - International Journal of Philosophy [issn 2595-1211], 1(1). Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/modernoscontemporaneos/article/view/3046
Seção
Artigos independentes