SOBRE A INFLUÊNCIA DO PENSAMENTO ORIENTAL NA METAFÍSICA DA VONTADE DE ARTHUR SCHOPENHAUER – UM ESTUDO INTRODUTÓRIO

  • Daniele da Silva Faria Graduanda em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Resumo

Essa investigação pretende discorrer acerca da influência do pensamento oriental na filosofia de Arthur Schopenhauer, tendo em vista compreender as dificuldades envolvidas na argumentação schopenhaueriana acerca da relação entre as doutrinas do próprio filósofo e do pensamento oriental na obra intitulada O mundo como vontade e como representação. O filósofo Schopenhauer foi o primeiro pensador ocidental a fundamentar seu sistema filosófico numa síntese entre princípios orientais (filosofia vedanta) e ocidentais (a teoria das Idéias de Platão e a dicotomia kantiana fenômeno/coisa-em-si). Em primeiro lugar, fizemos um levantamento histórico para constatar qual fora o primeiro contato entre Schopenhauer e o oriente. Quem o teria introduzido nos textos orientais?
Publicado
2011-10-05
Como Citar
Faria, D. da S. (2011). SOBRE A INFLUÊNCIA DO PENSAMENTO ORIENTAL NA METAFÍSICA DA VONTADE DE ARTHUR SCHOPENHAUER – UM ESTUDO INTRODUTÓRIO. Cadernos De Graduação, (8), 71. Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/cadernosgraduacao/article/view/529
Edição
Seção
Artigos