A Psicologia como disciplina da norma nos escritos de M. Foucault

  • Kleber Prado Filho
  • Sabrina Trisotto

Resumo

Este texto busca traçar uma cartografia das relações de Michel Foucault com o campo das psicologias, tanto em termos biográficos, acadêmicos e de formação, como bibliográficos, de interesses temáticos. Pretende ainda aplicar a sua crítica em torno dos problemas da verdade e do sujeito aos domínios do conhecimento psicológico, quebrando alguns mitos construídos pelos manuais de história da psicologia. Esta cartografia mostra um campo de saber diverso onde concorrem várias psicologias em conflito, que se constitui nas fronteiras com outros domínios, caracterizando-se mais por seu caráter disciplinar do que por sua cientificidade, tornando visíveis suas práticas normalizadoras, a ponto de ser definida criticamente como “Psicologia: disciplina da norma”.

Publicado
2015-03-20
Como Citar
Filho, K. P., & Trisotto, S. (2015). A Psicologia como disciplina da norma nos escritos de M. Foucault. Revista Aulas, 1(3). Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/aulas/article/view/1943
Seção
Artigos