Foucault e Agamben ou as diferentes formas de pôr em jogo a vida

  • Omar Darío Heffes

Resumo

O legado biopolítico de Foucault foi tomado por Agamben de uma forma particular. O ingresso da vida na historia é compartilhado pelas duas interpretações, mas o filósofo italiano faz críticas a Foucault que estão relacionadas com o poder soberano. A diferença dos enfoques reside no modo de compreender as práticas: Foucault parte das práticas para chegar a um conceito e Agamben parte de uma estrutura jurídico-política para entender uma prática. Ambos se colocam em diferentes lugares do jogo biopolítico, Foucault dentro da regra e Agamben na exceção, mas compartilham um território comum na análise do nazismo e na similitude que atribuem ao estado da exceção e o modelo da peste.

Publicado
2015-03-20
Como Citar
Heffes, O. D. (2015). Foucault e Agamben ou as diferentes formas de pôr em jogo a vida. Revista Aulas, 1(3). Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/aulas/article/view/1932
Seção
Artigos