Algumas considerações sobre o uso da categoria Movimentos Sociais

  • Adriano Duarte UFSC

Resumo

Este trabalho discute as origens do chamado associativismo de bairro, focando os Comitês Democráticos e Populares (CDP) e as Sociedades Amigos de Bairro (SABs) que os sucederam, e suas respectivas conexões com o espectro político partidário que emerge na chamada redemocratização, a partir de 1945, na cidade de São Paulo. Reflete também sobre o modo como os historiadores têm se apropriado da categoria “movimentos sociais” e quais as implicações dessa apropriação para a compreensão da chamada “república populista”.
Publicado
2012-05-10
Como Citar
Duarte, A. (2012). Algumas considerações sobre o uso da categoria Movimentos Sociais. Cadernos AEL, 17(29). Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/ael/article/view/2602