Resgate de arquivos: o caso Edgard Leuenroth

  • Walnice Nogueira Galvão FFLCH/USP

Resumo

O resgate de arquivos, sobretudo da memória política ameaçada por ditaduras ou regimes totalitários, é sempre tarefa das mais urgentes. Em nosso país, contam-se várias instâncias em que mal foi possível salvá-los, e outras em que foram definitivamente perdidos. Um caso que deu certo, para isso envolvendo muitos intelectuais e instituições, foi o do Arquivo Edgar Leuenroth, da Universidade Estadual de Campinas, hoje famoso e considerado o mais valioso conjunto de documentos do movimento operário na fase de implantação do sindicalismo no Brasil. Vale a pena acompanhar o raciocínio e o percurso de vida dos intelectuais que perceberam a importância desse acervo e se empenharam em seu salvamento. É a crônica dessas pessoas e da convergência de sua boa-vontade que se vai contar aqui, procurando registrar um episódio que não é dos mais conhecidos, sobretudo por causa do sigilo que o cercou num negro momento de nossa história.
Publicado
2012-05-09
Como Citar
Galvão, W. N. (2012). Resgate de arquivos: o caso Edgard Leuenroth. Cadernos AEL, 17(29). Recuperado de https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/ael/article/view/2595