Gays ricos e bichas pobres: desenvolvimento, desigualdade socioeconômica e homossexualidade no Brasil

Juan P. Pereira Marsiaj

Resumo


Este artigo expõe algumas considerações sobre a complexa relação entre desenvolvimento, desigualdade socioeconômica e minorias sexuais no Brasil. A primeira parte analisa a relação entre o processo de modernização e o surgimento de redes e comunidades gays e lésbicas. Baseando-se em argumentos apresentados por John D’Emilio em seu artigo Capitalism and Gay Identity (1983), esta análise traça o impacto da urbanização e do crescimento do trabalho assalariado na importância e no papel da família. A segunda parte explora em maiores detalhes a relação entre classe e homossexualidade, demonstrando como a classe social afeta a criação de relações homoafetivas e redes homossociais, o uso de espaços comunitários, e a prática da violência contra gays, lésbicas e travestis. A terceira e última parte apresenta considerações sobre a relação entre classe e o movimento social de gays e lésbicas.

Palavras-chave


Homossexualidade; Classe Social; Brasil; Movimentos Sociais

Texto completo:

129-149 PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.